Tratamento para Fígado: Complicações das Hepatectomias

Informações sobre Tratamento para Hepatectomia em Brasília

Saiba mais sobre as Complicações das Hepatectomias

As ressecções hepáticas ou hepatectomias são amiúde consideradas cirurgias de grande porte com implicações orgânicas múltiplas tanto no fígado quanto nos outros órgãos e devem ser reservada a casos selecionados.

As complicações das hepatectomias variam de 10 a 30% na literatura médica e variam muito de acordo com o tipo de ressecção (maior ou menor), tamanho da lesão no fígado, experiência do cirurgião, estado do fígado em questão e doenças que o paciente apresentar (chamada comorbidade), entre outras. Lembrar que alguns tratamentos como quimioterapia são hepato-tòxicos (fazem mal para o fígado) podendo inclusive inviabilizar ou prejudicar uma cirurgia no fígado quando em excesso. As complicações são divididas em maiores (quando a risco de re-intervenção – nova cirurgia ou tratamento invasivo ou óbito) e menores (com baixo risco) e também divididas em hepato-específicas ou não (ou seja se tem relação com o órgão operado no caso obviamente o fígado).

Dentre as complicações maiores hepato-específicas temos a hemorragia (intra ou pós-operatória), falência hepática (fígado para de funcionar), fístula biliar (abertura de canal biliar), abscessos tanto no fígado quanto no abdome (abscesso subfrênico por exemplo), alterações pulmonares, infecçiosas (por exemplo pneumonia ou empiema pleural), eventração-evisceração (“abertura do corte da cirurgia”) ou não hepato-específicas como insuficiência renal aguda entre outras. Dentre as complicações menores temos por exemplo – infecção da parede cirúrgica, seroma (liquido na incisão) ou abertura de pontos na pele – deiscência. Tem se observado que estudos mais recentes que tem demonstrado menores complicações hepato-especificas e da parede cirúrgica quando a Hepatectomia é realizada por via videolaparoscópica. Independente do cirurgião e da técnica, o risco real de óbito de uma Hepatectomia varia de 1 até 5% na literatura médica.